ou
Parceiros

Mais um sucesso: Londrina foi palco da 4ª edição do Worknejo

Everton Neguinho, Dhiego Bicudo e Mauricio Antonio receberam artistas e profissionais da música em workshop especial

Laís Araújo
18/04/19 | 17h30 18/04/19 | 17h45

Com entusiasmo, novo ânimo e direcionamento de carreira. Foi com estes sentimentos e renovação de atitude que os participantes do 4º Worknejo, edição Londrina, saíram do City Hall na noite da última terça feira, 16 de abril.

Na plateia artistas, produtores, empresários e profissionais da música de diferentes gêneros e fases participaram do workshop que orienta gratuitamente os interessados a como iniciar e se manter no mundo artístico.

Abrindo o ciclo de palestras Everton Neguinho divertiu os presentes e falou de sua experiência em temas importantes como marketing, gestão de crises, investimentos, verbas e material de venda, planejamento financeiro, reserva de custos, agenda de shows e direcionamento.

Dhiego Bicudo apresentou o passo a passo da “Trilha do Cantor” criada com o aprendizado do dia a dia e práticas vividas dentro da ICOMP, a Agência dos Artistas do Brasil,  e abordou tópicos como divulgação e marketing digital, logotipo, planejamento de conteúdo, relacionamento com os fãs, sites e mídias sociais.

Com um portfólio que carrega grandes nomes do mercado fonográfico e mais de uma década de atuação, Mauricio Antonio direcionou sua fala aos artistas e empresários no quesito foto e desmistificou muito do que havia no imaginário dos presentes, “Não existe uma câmera top, existe o profissional que vai conduzir esta câmera”.

Cheio de dicas e truques, Mauricio compartilhou seu conhecimento em fotografia com informações úteis  para a produção de foto e vídeos,  o uso da luz e da iluminação como aliados, enquadramento, como fazer uma boa selfie e a importância da pós produção. De bônus, todos aprenderam a usar o celular para obter boas imagens, quando necessário.

Durante sua fala Neguinho trazia sempre a frase: “A música é feita de mercado e também de sonhos”. E foram esses sonhos que motivaram Bruno Exspenncer, de São Bernardo do Campo (SP), a viajar mais de 580 quilômetros até Londrina (PR), sem conhecer ninguém na cidade, para prestigiar o evento e aprender mais com quem já convive no segmento.

Com três anos de estrada Bruno tem o projeto Exspenncer, que carrega seu sobrenome, voltado para o rap e trap, e que agora navega por ondas do atual sertanejo devido a mistura de estilo.

Sobre o evento Bruno garante que valeu a pena enfrentar a distância e que estar no Worknejo abriu sua visão para as diferentes formas de divulgar seu trabalho em várias áreas de maneira organizada e econômica para quem assim como ele está no início de tudo, “Participar me deu muito mais foco em seguir meus sonhos, realizar meus projetos de uma forma mais fácil e muito mais econômica”, comenta ele.

Em breve mais uma cidade do país receberá a 5ª edição, não deixe de participar. 

Confira mais fotos usando a #worknejo nas mídias sociais e acompanhe também o perfil oficial no  Instragram @worknejo.

Comentários